9 pessoas que vivem do que amam! De verdade!

Quem disse que é impossível trabalhar com o que ama? Quem disse que é impossível criar a vida que você quer?

Como falei no post da segunda “Sobre talento e habilidade (ou Será que tenho algum talento?)”, é possível sim viver do que você ama, é possível criar a vida que você sonha em ter, mas é preciso juntar o que você gosta de fazer, com o que você sabe fazer e o que outras pessoas se interessam e pagariam para ter.

Viver do que você ama não é só fazer as coisas que você gosta, também tem muito de fazer o que não gosta, e é preciso compatibilizar o que você ama com o que é um talento nato pra você.

E, sabendo que esse é um assunto complicado, e que nem todo mundo acredita ser possível, resolvi fazer uma lista de pessoas que trabalham com o que amam, juntaram essa paixão com suas habilidades e criaram sua vida ao redor dessa paixão.

Vamos lá?

Paula Abreu

Já falei da Paula várias vezes aqui, porque foi com ela que aprendi muito do que sei hoje e aprendi que é possível, sim, escolher sua vida e alcançar seus sonhos.

A Paula deixou um emprego confortável como advogada em uma grande empresa, ganhando um ótimo salário para ser escritora. No meio do Caminho, criou uma página no Facebook, o My Better Life, para postar seus textos.

Faz muito sucesso, criou o site Escolha Sua Vida, publicou um livro, criou o Programa Escolha Sua Vida e hoje vive seus propósito, ajudando um monte de gente a fazer o mesmo. Ela só trabalha de modo remoto, pela internet e ganha muito dinheiro com isso.

No último lançamento do seu programa, ela fez seu primeiro 7 em 7, ou seja, 7 dígitos em 7 dias – mais de um milhão de reais em 7 dias.

Achou pouco? E se eu lhe disser que ela faz tudo isso, ainda atende seus poucos coaches individuais, viajando quando lhe dá na telha, fazendo o seu próprio horário, curtindo seu filho e sem chefe?

Nômades Digitais

O casal Jacque e Eme hoje vivem de seus sites e projetos – eles são os criadores dos sites Casal Sem Vergonha, Hypeness e Nômades Digitais e vivem viajando o mundo.

Eles não possuem amarras em lugar nenhum e vivem mudando de quartel general sempre quando têm vontade.

Assim como a Paula, eles trabalham totalmente de modo remoto, administram uma equipe totalmente pela internet, fazem projetos que têm tudo a ver com o seu propósito e esse ano eles lançaram o Hypeness Talks, um congresso online focado em criatividade e inovação (que foi incrível).

São grandes exemplos de que é possível, sim, repensar e recriar seu estilo de vida. Só é preciso criatividade, foco e trabalho.

Amanda Mol

A Amanda Mol é uma grande inspiração pra mim. Ela é ilustradora e designer e conseguiu criar o seu próprio trabalho, também feito totalmente pela internet.

As suas peças de ilustração, linha de roupas e decoração são feitas à mão, mas a venda e distribuição são pela internet, de modo que ela pode alcançar mais pessoas.

Seu estúdio de design é um exemplo pra quem quer seguir essa linha, porque ela padronizou seus preços e, hoje, não precisa perder tanto tempo negociando seus valores. Assim, ela ainda conseguiu valorizar seu trabalho!

Ah, e ela saiu da cidade grande e voltou pro seu interior de Minas pra construir seu ateliê e viver perto da sua família. Bom não?

PAULO DEL VALLE

Quem pensou que Instagrammer profissional ia ser uma trabalho rentável? Pois é! E Paulo Del Valle é um exemplo.

Ele vive de suas fotografias e faz projetos e trabalhos pra grandes empresas.

Sim, ele vive de sua fotografia. Vou melhorar ainda mais: ele vive viajando e fotografando.

Empresas e órgãos governamentais pagam a ele para viajar, tirar fotos e divulgar os destinos que conhece.

Beth Bakery

Não conheço de perto o trabalho da Beth Bakery, só por foto e pelo Facebook, porque não moro em São Paulo, mas só pelo que conheço sei que iria amar seu trabalho.

A Beth Bakery é uma padaria e ela criou um sistema de fornadas – são pães, bolos e outras gostosuras feitos artesanalmente e que ela entrega via Delivery somente. Você compra pela internet e eles entregam onde você estiver.

E ela ainda criou um sistema automatizado de negócio – as fornadas por assinatura. Todo semana você recebe a fornada da semana, sem precisa pedir toda vez.

E mais: ela tem pães muito peculiares, integrais, veganos e outras delicinhas interessantes.

Se você gosta de gastronomia é um ótimo exemplo pra se inspirar.

A Janela da Namoradeira

A Janela é conhecida – acho que você já ouviu falar. Iara Battoni criou a Janela da Namoradeira e vende seus doces da janela do seu quarto. Uma gracinha né?

Pois é. Mas a brincadeira virou negócio e ela ganha dinheiro com isso.

Ela vive no interior de São Paulo e faz o que ama, criando e vendendo vários tipos de doces.

Mas um exemplo de ideia pra quem quer viver da gastronomia. Não é preciso ter um restaurante chiquérrimo pra fazer o que você ama.

Will Costa Illustration

Nossa, Will Costa é uma super inspiração.

Ele é ilustrador e manda muito bem fazendo retratos estilizados de celebridades.

Foi assim que ele começou a fazer sucesso e a viver efetivamente de sua arte.

E não brincadeira não o sucesso que ele tá fazendo – Gisele Bündchen comentou a ilustração que ele fez dla, Lady gaga, Nicky Minaj, entre outros que realmente receberam em mãos o lindo trabalho que ele fez.

Taí um belo exemplo de quando sua paixão se une com sua habilidade – viver do que ama é possível, sim!

A Costureirinha

Não, não é estilista, designer de moda ou outo nome gourmet – é costureira mesmo. É assim que Elisa se chama – costureira.

Sua paixão pela costura foi maior que tudo e ela não conseguiu viver sem costurar.

A Costureirinha hoje é um negócio rentável em que Elisa ensina outros apaixonados a costurar, faz workshops, tutoriais, cursos, presenciais e online e vive muito bem disso.

Ah, virou marca de roupas também.

Tá vendo? As mais clássicas das artes também podem virar negócios modernos e podem permitir que você via a sua paixão e crie a vida que você tanto deseja.

Dani Noce

Já falei do Canal da Dani em outro post, e vou falar de novo, porque acho incrível o que ela conseguiu alcançar seguindo uma paixão.

Ela já fez de tudo, mas foi na confeitaria que se encontrou – foi estudar na França e voltou pro Brasil mais do que preparada pra conquistar o mundo e resolveu começar pelo Youtube.

Ela já tinha o maior site de confeitaria do Brasil – o I Could Kill for Dessert e começou um canal, que hoje tem o nome dela, Danielle Noce, onde ela ensina várias receitas de doces, bolos, tortas, pães, e muito mais. É cada receita mais gostosa do que outra.

É tão incrível que ela, hoje, participa do Tastemade, uma rede online que ajuda canais exclusivamente de gastronomia, tem um programa na televisão e já lançou até um livro.