Mad Max – Estrada da Fúria: O Filme que você precisa ver em 2015

Ai meu Deus! Ai. Meu. Deus! AI. MEU. DEUS!

Falei várias vezes que estava ansiosa pra ver o filme do Mad Max, que tá rolando agora no cinema. Coloquei trailer e inclusive coloquei no post sobre filmes pra ver em 2015.

Agora é hora de falar o que achei dele.

Preciso fazer esse post. Ele precisa existir porque esse filme merece que muitas pessoas o assistam! Esse filme merece salas lotadas e queixos caídos!

Mad Max foi muito mais do que esperei! Foi aquele tipo de filme que tava chegando numa parte que parecia o final e eu fiquei “não, por favooooor, não acaba, ainda nããão!”

Passei o filme de todo de boca aberta e olhos vidrados, o tempo todo tipo “que maluquice, que doidera, não é possível”.

Acho que nunca tinha passado por isso.

Bem, o filme é o seguinte: O mundo está naquele estágio pós-apocalíptico, em que não há muitas pessoas restantes no mundo e 90% das que sobraram estão com alguma deformidade por conta de radiação e tal.

Esse mundo é um deserto, há pouquíssima água, combustível virou a nova moeda e as pessoas ficaram, vamos dizer, criativas com o que se alimentam.

Todo mundo é meio louco, as poucas cidades que existem brigam entre si em disputas de carro e caminhões de guerra, que é único meio de sobreviver no deserto.

No meio disso tudo está Max, que é capturado por um bando de guerreiros e mantido preso na cidadela mais forte de todas. E também há Furiosa, uma das líderes de guerra dessa cidade.

Só que, em uma movimentação para transportar combustível de uma cidade para outra, Furiosa sai do caminho, entra em território hostil e foge, na esperança de encontra outro lugar.

Mas ela está levando os tesouros do imperador, rei,sei lá o que, o líder deles.

E aí começa todo o filme, o líder leva todos seus guerreiros para trazer seus tesouros de volta e, no meio disso tudo, o Max acaba indo junto.

E aí não vou contar mais, porque vocês precisam assistir!

O filme é muito louco, vou ser sincera e dizer que não é pra todo mundo. Se você assistir ao trailer, vai ter uma ideia muito honesta do que esperar.

Mas, ao mesmo tempo, o filme é lindo, as perseguições são fantásticas, o visual do filme é maravilhoso.

Há uma cena em que, no meio da perseguição, eles entram em uma tempestade de areia, que tem um tornado dentro, raios, trovões e uma música clássica no fundo. É de cair o queixo mesmo!

O comboio do líder sai da cidadela com um cara muito louco tocando guitarra no tanque de guerra!

A trilha sonora é um dos pontos altos do filme.

Mas o visual também é fantástico. O filme todo foi filmado em desertos de verdade, nada daquilo é aquela tela verde que coloca os efeitos especiais depois, tudo de verdade.

Praticamente o filme inteiro acontece em perseguições com carros e caminhões no meio do deserto. Algumas cenas no meio dessas perseguições são incríveis, os pontos onde o diretor coloca a câmera, o ponto de vista que a gente tem em alguns momentos do filme são sensacionais.

Aah, vale dizer que o diretor, George Miller é o mesmo de Happy Feet e Babe – O Porquinho Atrapalhado… vai entender.

Sério… vale muito a pena você ir ao cinema pra ver esse filme. Muito mesmo. Mesmo que você não goste muito desse tipo de filme, vá de cabeça e coração abertos, porque o filme é muito bom.

Apesar de ainda ter muito filme bom pra vir esse ano, arrisco a dizer que esse vai ser o melhor filme desse ano disparado!

Vá ao cinema já!!!!